10 erros que um youtuber iniciante deve evitar

19/10/2021
10 erros que um youtuber iniciante deve evitar

Quando somos iniciantes em algo, é normal cometer erros. E com o YouTube não é diferente. Mas, por sorte, sempre é possível aprender com os deslizes dos outros.

Vamos dar uma olhada nos principais erros cometidos pelo criador de conteúdo de primeira viagem e descobrir como evitá-los.

A pressa é inimiga da perfeição (e do criador de conteúdo)

O maior risco ao trabalhar com público na internet é deixar o ego tomar o controle das suas motivações. Não se deixe levar pela ilusão de fama, dinheiro ou influência. O sucesso vai surgir da frequência e consistência do que você produz. Por isso, não pense no fracasso nem nos ganhos, o seu foco deve ser somente a excelência do seu conteúdo.

A qualidade sempre vence a quantidade a longo prazo. Tenha paciência e produza o seu conteúdo com dedicação.

Promessa é dívida

Você, com toda a certeza, não deve fazer promessas vagas para seus inscritos. A internet nunca esquece! E se você prometer algo, saiba que as pessoas vão cobrar até você não aguentar mais.

E isso se aplica até mesmo às pequenas coisas. Se você diz que vai postar novos vídeos em determinado dia e horário da semana, o público vai ficar esperando. Não ter comprometimento com o seu canal é a fórmula perfeita para perder inscritos.

Ter disciplina é essencial

Falta de organização é um problema enorme. Criar conteúdo é como empreender: você é o seu próprio chefe, e disciplina, foco e planejamento são indispensáveis. Você só vai conquistar um retorno com os seus vídeos se produzir muito, mas muito mesmo. 

Defina um local para fazer os vídeos
Deixe o lugar preparado com tudo que você precisa para gravar. Isso vai otimizar tempo e evitar o “desânimo” de arrumar tudo antes de cada gravação. 

Crie playlists de vídeos para o canal
Assim, fica mais fácil para o público encontrar vídeos de temas relacionados e, de quebra, você consegue mais views para produções mais antigas.

1, 2, 3, testando!

O áudio é um elemento essencial para um bom vídeo. Se você quer se posicionar como comunicador ou figura pública, é importante que as pessoas consigam receber sua mensagem de forma clara. 

Portanto, separe uma graninha e invista em um microfone de entrada. Não precisa ser nada profissional, existem muitas opções acessíveis no mercado. 

Outra opção, ainda mais econômica, é buscar equipamentos de segunda mão. As redes sociais estão cheias de grupos de trocas e vendas, e como diz o ditado: quem procura, acha.

Já olhou na caixa de spam?

Por algum motivo, os youtubers novatos acreditam que comentar em outros canais divulgando seus vídeos é uma boa ideia. 

O problema é que esse ato de “cópia e cola” em canais diferentes vai fazer o algoritmo entender que os comentários repetitivos são um spam ou um bot dentro do sistema. Além de ser uma atitude chata e pouco efetiva para conseguir inscritos, quem a usa corre o risco de ser punido ou até banido da plataforma. 

O seu crescimento sempre virá da qualidade do seu conteúdo. Então deixe que o seu público divulgue os seus vídeos. Se for para pedir divulgação, peça com um CTA em seu próprio canal ou redes sociais (compartilhar no grupo da família tá liberado).

Strike 1, strike 2, strike 3… Fora!

O YouTube se tornou uma plataforma sofisticada com algoritmo e mecanismo de busca cada vez mais inteligentes. Isso abriu as portas para as marcas fazerem publicidade, e consequentemente as regras da plataforma ficaram mais rigorosas. 

Evite a todo custo usar material que não seja produzido inteiramente por você. Um simples corte de 5 segundos de um vídeo ou música é o suficiente para você perder a monetização completa da sua produção. 

No caso de usar cenas de outro youtuber, você corre o risco de tomar um strike do YouTube ou do próprio criador se ele encontrar o seu vídeo. E bastam três strikes para o seu canal ser apagado completamente. Não cometa esse erro bobo. Se for usar imagens de outro canal, tenha certeza de ter a permissão de quem as produziu e, ainda assim, tome cuidado. 

Sobre as trilhas, sempre dê preferência aos bancos de áudio gratuitos. O próprio YouTube oferece diversas trilhas grátis para os usuários utilizarem como quiser em seus vídeos.

Além do risco de strike, o uso de materiais com copyright pode tirar toda a monetização do seu vídeo… E vamos combinar que ninguém gosta de perder dinheiro, não é mesmo?

Bora fazer uma live rapidinha?

Lives são uma ótima forma de engajar e interagir com seus seguidores. Mas isso não quer dizer que você deva ligar a câmera para ficar batendo papo-furado.

Quando for fazer uma live, tenha um propósito em mente. Sempre faça um anúncio antecipadamente com o dia e o horário do evento para não correr o risco de ficar falando com as paredes. 

Pense em um roteiro e defina o tempo. É mais fácil segurar o público quando ele sabe os tópicos e a duração da live.

Publicidade gratuita 

Evite falar sobre marcas no seu canal. Pense da seguinte forma: por qual motivo uma marca lhe pagaria para falar sobre ela se você já faz isso de graça? 

Outro ponto: não aceite valores abaixo do mercado. Se uma marca está procurando você significa que o seu canal e a sua imagem vão trazer um bom retorno monetário para ela.

A imagem é a alma do negócio

A qualidade da imagem é outro elemento crucial para um vídeo. Você não precisa da melhor câmera para produzir um material legal, mas, com certeza, precisa de uma boa iluminação para tornar a experiência agradável para quem for assistir. 

Não se preocupe: no mercado existem opções bem acessíveis, como os famosos ring lights (anéis de luz) que os influenciadores tanto usam. Agora, se a grana estiver curta, improvise com aquele abajur velho que você tem em casa.

Dica: Estude um pouco sobre fotografia e teorias de luz e sombra para entender como a iluminação afeta uma produção. Se quiser ir além, procure na internet por stills e vídeos dos seus filmes favoritos e veja como a luz é utilizada durante as cenas. 

Dá like e se inscreve no canal

O maior erro que você quer evitar, com certeza, é a falta de consistência. Se você não produzir, os seus inscritos e o próprio algoritmo vão esquecer o seu canal. Portanto, mantenha um ritmo de postagens e nunca deixe a qualidade de lado.

Mantenha-se fiel a suas metas e seus objetivos, esse é o único caminho para o seu canal conquistar crescimento sólido e sucesso ao longo do tempo.

Não cometa o erro de escolher outro banco

Se você quer ser um criador de conteúdo, vai precisar de um banco especialista em câmbio para receber seus pagamentos do Google Adsense da melhor forma.

No Banco Rendimento, você não precisa abrir conta, os processos são 100% online e o dinheiro fica disponível em até 24h. Faça agora seu cadastro e receba seus pagamentos de Adsense de forma segura, rápida e sem burocracia.