Entenda como escolher um banco de investimento

18/12/2020
Entenda como escolher um banco de investimento

Investir é planejar. Ou seja, estabelecer metas para concretizar diferentes objetivos de vida, como viajar, comprar algum bem ou construir uma reserva para o futuro. Por isso, é também uma tarefa permeada por decisões importantes.

Uma delas (e talvez a principal) é a escolha do banco de investimento. Trata-se da instituição que fará todos os trâmites necessários, desde a oferta de modalidades específicas até a manutenção do montante. Neste artigo, você verá justamente o que deve considerar ao escolhê-la. Saiba também:

  • A importância de analisar as possibilidades
  • O que deve ser verificado antes de contratar
  • Credibilidade é essencial para os rendimentos
  • Opção ideal para você

Escolher a instituição financeira é um dos principais passos para investir. Foto: Getty Images.

Escolhendo o banco de investimento

Quando você decide viajar e começa a escolher um hotel, por exemplo, em quais características presta atenção? É comum verificar aspectos como preço, condições e garantias, entre outros.

Transportando essa ideia para o mundo das finanças, o banco de investimento é como se fosse uma hospedagem para o seu dinheiro. Sendo assim, deve oferecer caminhos seguros, rentáveis e confiáveis. O que isso quer dizer?

Disponibilizar um leque de modalidades que estejam de acordo com o perfil do cliente, praticar taxas competitivas, dar todas as garantias necessárias, ter a sua atuação regulamentada e orientar.

Prestar atenção nessas características antes de contratar vale tanto para quem já investe e quer mudar de banco ou àqueles que começaram agora.

O que deve ser levado em conta

Imagem de várias formas de uma pessoa guardar dinheiro: no banco, em uma conta ou em investimentos.
O melhor banco de investimento deve oferecer opções variadas para você investir. Foto: Getty Images.

A pesquisa deve ser criteriosa. Para te ajudar nessa jornada, listamos, abaixo, os principais requisitos:

  • Condições: o primeiro passo para checar se a instituição é, sim, uma boa candidata é verificar as condições praticadas. Ou seja, os custos envolvidos, a rentabilidade, as regras para a retirada (liquidez) e as taxas de negociação. Faça todas essas perguntas e analise os resultados, comparando sempre com mais de uma instituição;
  • Tudo em ordem: todo banco de investimento confiável deve operar com o aval de entidades representativas do setor. O site da B3, por exemplo, reúne todas as corretoras autorizadas a operar na bolsa de valores. Já o Banco Central informa dados relevantes sobre os bancos que estão em funcionamento no Brasil. É essencial fazer essa pesquisa antes de tomar uma decisão;
  • Converse: trocar experiências é mais uma importante fonte de conhecimento. Fale com quem costuma investir, por exemplo. Peça recomendações de pessoas que você conhece e confia. Além disso, procure se informar pelos principais veículos e perfis de redes sociais;
  • Segurança: correr riscos, definitivamente, é algo que nenhum investidor deseja. Daí a importância de recorrer a instituições que tenham um histórico positivo e que ofereçam todas as garantias necessárias ao seu investimento. A credibilidade dos bancos é sinônimo de retorno garantido.

O seu perfil é primordial

Imagem de um homem negro na frente de um computador.
A instituição financeira também deve respeitar o seu perfil de investidor. Foto: Getty Images.

Muitos bancos acabam sugerindo produtos que estão de acordo com as suas metas de venda — e não com o perfil dos clientes. Fuja disso! Uma instituição séria e confiável deve entender, primeiro, os objetivos e as necessidades dos investidores. Tais informações servirão de base para identificar as opções mais adequadas.

Cabe a ela também explicar todas as condições com clareza, deixando o público à vontade e instruído para tomar a decisão final. Sabemos que os valores envolvidos costumam pesar mais na escolha — o banco ideal oferece os maiores retornos, com os menores custos.

Credibilidade: determinante na escolha do banco de investimento

De nada adianta ter custos atrativos se houver riscos. Por isso, a credibilidade do banco de investimento deve ser estudada. Pesquise, por exemplo, há quanto tempo a instituição atua no mercado e se é uma referência no segmento.

Além disso, prepare-se. Conheça minimamente o tema para poder opinar e se posicionar sempre que preciso. Tal característica também é importante na jornada de escolha.

Imagem de gráficos para simbolizar bancos de investimento.
O banco de investimento precisa ter credibilidade e ser de confiança. Foto: Getty Images.

Conclusão

O banco de investimento faz uma espécie de “ponte” entre você e o seu dinheiro. Além de guardá-lo, tais instituições ainda cuidam de todos os trâmites burocráticos que irão proteger o seu patrimônio. Viu como a escolha é importante?

Com mais de 25 anos e um percurso sólido, o Banco Rendimento oferece soluções seguras, com excelentes retornos. Para se ter uma ideia, todas as aplicações são registradas na B3, o que significa que a remuneração ocorrerá de acordo com a rentabilidade negociada.

Além disso, a contratação é transparente. Ou seja, o cliente é informado sobre todas as condições envolvidas.

E aí, pensando em começar ou dar continuidade às suas reservas? Conte conosco!

Até breve!